Produção de Conteúdo para Blogs

Para começar os trabalho aqui, nada melhor que falar de Produção de Conteúdo. Então, minha ideia é fazer uma série de postagens sobre o tema para ajudar algumas pessoas já produzem conteúdo e estão, talvez, tendo dificuldades para manter o blog atualizado, pessoas que querem começar e estão com dúvida ou apenas para pessoas interessadas pro conteúdo.

Eu sempre gostei da ideia de ter um blog e em 2017 pode parecer um pouco fadada, por tudo que se fala na ‘grande mídia’ (odeio esse termo, mas vou usar porque não tenho vergonha na cara) e nas postagens de pessoas que adoram matar as coisas, mas nas minhas pesquisas, ter um blog ainda é algo que vale a pena. Tudo vai depender de quem produz o conteúdo e do público para qual ele fala.

Eu e Jeniffer temos diversas conversas sobre o formato e de “como fazer blog em 2017” e o tema de produção de conteúdo é algo que gostamos muito de falar e pensar sobre. Inclusive a ideia de começar esse tema veio dela, tks JenJen.

Essa postagem vai ser um index sobre produção de conteúdo, vou introduzir alguns temas e no decorrer das postagens vou desenvolvendo cada um e vou atualizando essa com os links, tá bom? Então tá, vamos lá!

 

 

Editorial

A primeira coisa que você tem que ter em mente quando pensa em criar um blog, um canal no YouTube ou um Medium, é: qual o conteúdo que irei produzir e para quem desejo falar. As ferramentas de publicação são importantes, mas o seu conteúdo é o principal!


É preciso ter em mente que o blog é um diário de informações e elas precisam ser relevantes, tanto para quem produz quanto para quem vai ler. Maria Elida diz que“[…] o que alimenta os blogs é da ordem da experiência cotidiana em todas as esferas em que ela se realiza, mas tudo o que é contado é, na verdade, atuado de modo a se tornar compartilhável num contexto marcado por afinidades […]”, então, para que haja uma troca de experiência, o conteúdo é o caminho.

Pesquisas – Banco de Ideias

Para ajudar na produção de conteúdo leia o que está sendo publicado sobre o assunto que você quer falar, pesquise, veja como você pode contribuir para a comunidade.


Existem diversos blogs/sites que fazem um conteúdo que pode ter relação com o seu, então procure falar de uma forma que você possa contribuir para o conhecimento sobre o tema. E quanto mais você agrega, cria hiperlinks e colabora com o ambiente, mais relevante o seu conteúdo pode se tornar.A outra ideia é ir criando um banco de ideias, tenha sempre uma ferramenta para agregar esses links e que possa ser utilizado como referência ou para ser indicado no seu conteúdo. 

Divulgação

O conteúdo não vai ser descoberto sozinho, você precisa se mostrar para o mundo, divulgar as suas postagens para a ‘grande rede mundial dos computadores’. Invista em divulgação, seja ela manual, paga ou através do SEO (Search Engine Optimization). Lembre de todo o processo que você passou para produzir, em algum nível, você quer que as pessoas leiam e comentem o que foi produzido. Isso só vai acontecer se você botar a cara no sol.

 

KPI – Key Performance Indicator

Agora vem uma das partes que mais gosto: medir!


KPI – são os indicadores de performance e esses números estão em todos os lugares, se você não parar para decidir qual é mais importante para você, é capaz que você ignore essa parte e isso pode ser sua pior decisão. 
No Google Analytics, o principal local para medir as métricas dos blogs, você vai encontrar milhares de números e informações, nem todas são ideias para você.

Bom acho que é isso! Essas são algumas ideias iniciais para quem está pensando em começar um blog. Todos os temas acima serão melhores desenvolvidos, nada ficará de fora, eu espero. 

Quem quiser ler um pouco mais sobre produção de conteúdo, em 2016, fiz uma postagem sobre os Produtores de Conteúdo, usando uma entrevista que a Nilce Moretto deu para a revista Meio & Mensagem, essa postagem fala mais sobre ‘influenciadores’, mas é uma leitura válida para a discussão. 

E se tiver alguma dúvida, dica ou sugestão, deixa aí nos comentários.

 

Deixe uma resposta